Carcaça

Carcaça.

Passos não se demite.

O castigo máximo para um político em Portugal é a demissão … o radicalismo pede eleições… Tudo pede eleições!

Vivemos um marasmo dos tempos modernos. Não há ideias. O unanimismo político fede. A política do português é a de “a ver o que é que acontece” como se se tratasse de um ligeiro filme de ficção científica e não de um doloroso documentário da vida moderna.

Estamos com a merda pelo pescoço e continuamos com pouca vontade de arregaçar as mangas e até de “bater punho” para tentar pelo menos escorraçar estes animais que nos chicoteiam a diário, que continuam a encher o papo ainda sentados sobre a nossa cabeça para ver se a merda nos tapa os olhos ou quem sabe nos esconda do cataclismo que está à porta. E muito cuidadinho porque a besta ferida ataca cegamente, se isto já estava para lá de caótico o ricochete do chumbo do tribunal constitucional vai acirrar ainda mais a fera.
Quem ri por último, ri na horizontal. E se o tribunal constitucional continuar a querer interferir no grande desígnio internacional neoliberal do capital imoral da elite paranormal transcendental capaz de paralisar de medo o comum do mortal, então resta apenas uma solução: altera-se a constituição.

Aiiiiiii, quem nos acudirá nesse momento???

Aiiiiii, onde se terão metido as Nações Unidas, a União Europeia, as NATOS, e até mesmo a nata da elite de D. Sebastiões empreendedores a bater punhetas num rejubilo de discurso inócuo, quando as inevitabilidades nos tocarem à porta?

Não vamos esperar por esse momento.

A única inevitabilidade aceitável é alguém que tenha mão firme nisto tudo! As soluções que nós apresentamos são sempre as mesmas.

A culpa nunca foi minha!

Agora precisamos de alguém que faça alguma coisa para resolver isto, para resolver os problemas que nos afectam a todos, mas não me metam nisto, que eu cá não gosto de politica. Eu é mais acção tás a ver?

E se não resolverem isto peço um novo Salazar, ou mesmo dois.

Porque naquele tempo é que era…assim caladinho, sem pensar, sem mudar. Vivendo o inevitávelzinho…

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s